Por Fernanda Travassos:

Profissionais de todas as áreas que sonham com uma vaga no mercado de trabalho já podem comemorar. Pesquisa divulgada pela Firjan aponta perspectivas otimistas quanto ao crescimento da oferta de trabalho até o ano de 2015. De acordo com os números divulgados, 80% dos participantes da pesquisa apontaram aumento do efetivo de pessoal. De acordo com a pesquisa, trabalhadores bem preparados, com nível superior e cursos de extensão, têm maiores chances de conquistar uma vaga. Para profissionais das chamadas áreas de gestão, como marketing e comunicação, entre outros, a pesquisa aponta que uma Pós-Graduação ou MBA é essencial para a ascensão profissional.
Os números também mostram que profissionais ligados às áreas de Meio Ambiente, Segurança e Pesquisa e Desenvolvimento, embora não estejam em grande evidência atualmente, tendem a ter sua importância incrementada.
A psicóloga Jessica Gomide afirma que a pesquisa só tende a estimular o profissional  para uma boa formação. “Quanto mais bem preparado for o profissional, mais chances ele tem de conquistar uma vaga. Falar uma segunda língua ou qualquer outro curso que sirva como diferencial pode ser determinante na hora da contratação” , conclui Jessica.

Por Fernanda Travasso:

Emprego nos dias atuais é algo muito difícil. A gama de profissões é vasta, porém falta muita mão-de-obra qualificada, assim o mercado de trabalho está abarrotado de formados e formandos, que buscam incessantemente um lugarzinho no tão concorrido mercado de trabalho. E como saber hoje em dia, se está de acordo com que o mercado exige, não basta nos dias atuais ser bom, tem de ser completamente diferente do resto da população. Ter diferenciais no currículo é muito importante, e galgar sempre um lugar, mostrando o que tem a oferecer, o que voce pode melhorar naquela empresa, ou seja, vestir a camisa, se doar aquele trabalho. Vemos também no mercado pessoas insatisfeitas com seus trabalhos, por diversos motivos, baixos salários, qualidade do trabalho baixa, entre outros motivos, fazendo assim com que o profissional fique desmotivado. E como achar um meio termo nesse amplo mercado, achar aquela profissão que se identifica , que ganha bem, e que faça com prazer, acho que é algo que qualquer pessoa gostaria de saber a receita.

Amar o que faz e dedicar-se, buscando sempre a pérfeição mesmo que seja uma utopia, tentar é muito importante. Nada será 100% bom, nem 100%  pessímo, ir achando o nosso lugar em meio a tanta procura e pouca oferta é algo para poucos, porém para os persistentes.

Por Fernanda Travassos:

O governador Sérgio Cabral e o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, inauguraram em setembro, na comunidade da Rocinha, em São Conrado, a oitava Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do estado do Rio. A nova unidade, que contará com 200 policiais para reforçar a segurança do bairro, será instalada provisoriamente em um contêiner, até a construção do prédio definitivo. O Estado inaugurou UPPs nas comunidades Dona Marta, em Botafogo; Babilônia/Chapéu Mangueira, no Leme; Pavão Pavãozinho/Cantagalo, em Copacabana; Providência, no Centro; Cidade de Deus, em Jacarepaguá; Jardim Batam, em Realengo; e Tabajaras/Cabritos, também em Copacabana. Até hoje, 19 comunidades e 140 mil pessoas foram beneficiadas pelas UPPs, e gerando também muitos empregos na comunidade.

SMS emergência

12/06/2010

Por Fernanda Travassos:

A justiça federal determinou que a ANATEL– agencia nacional de telecomunicação regulamente e fiscalize o uso de serviço de mensagens curtas o chamado SMS por celular para ligações de emergencia. O prazo dado para que a ANATEL regulamente serã de 60 dias. A sanção fará com que policiais militares –PM e o corpo de bombeiros de todo pais implementem o recebimento de mensagens via celular pelo serviço de emergencia  190 ou 193. O serviço deve ser gratutito. A PM e o corpo de bombeiros de SP já tem um sistema chamado CONTACT CENTER que pode receber mensagens de SMS e esta pronto para entrar em operação. De acordo com o MP federal- Ministério Público federal desde abril de 2008 os órgãos solicitam esse serviço a ANATEL, sem sucesso.

Por Fernanda Travassos:

O conselho nacional de transito CONTRAN prorrogou para o dia 1 de setembro a entrada da norma que obriga o uso das cadeirinhas nos carros. A lei começaria a valer em junho, mas por causa da falta de cadeirinha nas lojas o CONTRAN decidiu prorrogar esse prazo. Gerando assim nas indústrias um “boom” de contratações de funcionários, para aumentar a fabricação de cadeirinhas até setembro.

Essa resolução preve que bebês  de ate 1 ano usem o bebe –conforto no banco de trás, já crianças de 1 a 4 anos também devem ficar sentadas em cadeirinhas no banco traseiro, entre 4 e 7 anos e meio as criançcas devem ficar em assentos de elevaçcão sem encosto, entre 7 anos e meio e 10 anos as criançcas tem de andar no banco de trás com cinto de segurança. A multa para quem descomprir a lei e de R$ 191,54 e além disso o motorista perde 7 pontos na carteira.  Até 1 de setembro quando a legislação entrara em vigor os órgãos de fiscalização nos estados faram “blitz educativas” para conscientizar os pais sobre a impotancia do uso da cadeirinha.

Por Fernanda Travassos:

Metades dos formados não trabalham diretamente na área de formação. Mas isso não significa que o diploma não seja um passaporte para outros objetivos. Quando um jovem escolhe o curso superior que vai fazer ele ainda não sabe em que direção a sua carreira profissional vai seguir, podendo assim fazer escolhas erradas. Mas nunca é tarde para saber pra onde apontar a sua meta. Com as novas tecnologias e redes sociais, a Palavra Networking sintetiza a importância do conhecimento e das tais redes sociais, hoje quem está fora dessas novas formas de comunicação estão fora do mercado, somos uma vitrine e a importância da comunicação face a face, ou reuniões, telefonemas, qualquer forma de comunicação é considerado importante.

Por Fernanda Travassos:

Os sites de relacionamento são uma grande ponte para se conseguir um emprego, alguns twiters hoje fazem esse link entre empresa e o candidato, e já existem muitos seguidores dessa ferramenta.  Dono de um twiter que tinha como objetivo divulgar empregos, ganhou tanto credibilidade no mercado que hoje até empresas de grande porte como a Nestlé, AmBev entre outras divulgam vagas no seu twiter, vagas segmentadas na área de comunicação. Um twitero Paulistano dono de uma construtora também teve essa idéia de vende seus empreendimentos no twiter, como ele já tinha 350 seguidores no twiter resolveu fazer promoções chamando possíveis vendedores para vender seus empreendimentos, o que gerou muita procura, e belas vendas. Hoje já somam 5000 seguidores ao seu twiter, aumentando em 20% suas vendas por conta do twiter. O Brasil é campeão de acesso as redes sociais, fazendo assim com que elas divulguem , comerciem seus produtos.

Por Fernanda Travassos:

Com muitos estudantes se formando nas faculdades e cursos técnicos a procura por estágio tem se tornado mais acirrada. Na área de telecomunicações a procura é grande, porém as oportunidades são poucas, e com baixas remunerações. Já em algumas áreas como hotelaria, engenharia a procura das empresas é enorme, porém a baixa qualificação dos candidatos é grande, detalhes que hoje deveriam ser básicos para um currículo como a fluência em idiomas principalmente no inglês, vira um empecilho para futuras contratações. Mas com o aquecimento da economia a expectativa é que surjam mais vagas e com maior bolsa auxilio dando mais motivação ao estagiário.

Por Fernanda Travassos:

A busca a emprego para recém formados no Rio de Janeiro é incessante. Mesmo com a diminuição de 20% do numero de desempregados entre os jovens de 20 a 29 anos , 1 em cada 5 candidatos estão tentando entrar no mercado, sem sucesso. Já entre os formados veteranos o numero de desempregados é um pouco mais alto.  O mercado de trabalho para pessoas acima de 40 anos é algo a ser discutidos em outras matérias, a falta de oportunidades de emprego nessa faixa etária é altíssima, o que em outros países seria uma excelente mão de obra, super qualificada, no Brasil é considerado velho, ou melhor, ultrapassado.

Por Fernanda Travassos:

Um assunto que interessa a muita gente e é comum ouvir por aí que está difícil arrumar emprego, porém em alguns lugares do país , como Rio as vagas sobram e a procura por algumas profissões é muito baixa. Trabalho como de costureira tem dado trabalho para donos de confecções, Dona Maria que é responsável por uma indústria de roupas no Rio de Janeiro afirma que existem várias avisos nos jornais e ninguém procura. Quem apareceu, de olho na vaga, queria ganhar mais do que Maria podia pagar.

Em uma agência da Secretaria do Trabalho, no Rio, cinco mil vagas estão disponíveis. Algumas, raramente procuradas. As vagas mais difíceis de preencher são justamente aquelas em que não se exige muita qualificação, como caixa de supermercado, pedreiro, mecânico, açougueiro. Na maioria dos casos, é o salário que não agrada. Com mais oportunidades no mercado, quem procura um emprego agora pode escolher onde quer trabalhar.